campeonato brasileiro de 2021 – ERICH MUNIS VENCE PESO E ABSOLUTO

campeonato brasileiro de 2021 – ERICH MUNIS VENCE PESO E ABSOLUTO

Os grandes destaques nesse campeonato  brasileiro de 2021 na faixa preta foram:

Meyram Maquine no peso pluma em seu primeiro ano de faixa preta, com o seu jiujitsu pra frente totalmente agressivo do começo ao fim de luta, com suas quedas e passagens mirabolantes marcou o seu nome nesse grande evento. Venceu na final um grande favorito e atual campeão brasileiro o durissimo Hiago george.

Fabricio Andrey vence o peso pena em seu primeiro ano de faixa preta, vencendo a semi final em cima do Atleta Samuel Nagai, quem estava lá viu a guerra que foi, Fabricio com suas passagens de guarda bem justa chega ao lado de nagai e contabiliza os 3 pontos garantindo sua ida a final. Andrey finaliza a sua final contra Daniel amorim da DoubleFive, com suas passagens sempre trocando o lado e buscando a emborcada ele chega nas costas e finaliza Daniel.

Matheus Gabriel vence o peso leve finalizando todas as suas lutas no armlock, ele não luta no brasil desde de faixa colorida, ele realizou um sonho em se tornar campeão brasileiro na faixa preta, na sua final contra o Sergio da Doublefive ele ajusta com tranquilidade o triangulo com um bote certeiro e finaliza com um tranco puxando o braço.

Gabi Pessanha leva o absoluto contra a Yara soares, elas já tinham travado uma guerra na categoria sendo que a Yara foi a campeã, dessa vez a Gabi veio com muita vontade e decidida a ser campeã absoluta brasileira, com uma infelicidade Yara acaba se lesionando feio o seu joelho, Pessanha e Yara se conhecem bastante por serem velhas conhecidades e adversárias, quem já assistiu sabe quando as duas entram pra lutar e guerra jiujitsu sempre pra frente, fazem um verdadeiro espetaculo e quem tem a ganhar sempre são o publico.

Ana Rodrigues confirma seu favoritismo e se torna campeã brasileira na faixa preta, ela está em ótima fase voando em sua categoria, finaliza sua final com um ataque no pé.

Yuri Hendrex vence o seu primeiro brasileiro em seu primeiro ano de faixa preta, yuri vence a sua semifinal em cima do duro Cleber Clandestino da Almeida Jiujitsu, em uma luta muito movimentada Yuri vence por pontos, na sua final ele começa berimbolando e pegando as costas de seu adversário da Nova união, dando continuidade em uma luta bastante movimentada com ataques de pé para os dois lados, Yuri vence por 6 x 0 e garante a vitória de campeão brasileiro.

Mariana Rolszt se torna campeã brasileira em seu primeiro ano de faixa preta, vence em sua Final a durissima Jessica Carolina da equipe Caio Terra, Mariana acreditou do começo ao fim e saiu com o seu braço erguido, ela não conseguiu segurar as lágrimas e se emociona a se tornar a grande campeã.

Yatan Bueno é o mais novo campeão brasileiro em seu primeiro campeonato de preta, ele não teve luta fácil em seu caminho, mesmo assim ele lutou pra frente como sempre faz em busca da vitória, colocando o seu ritmo do começo ao fim, em sua final ele vence o durissimo Wallace da equipe Gfteam por 3 x 0 com sua passagem bem justa ganhando a meia, e corre pro abraço de seu coach Gabriel Figueiro professor da equipe Dream Art.

Graciele Del Fava de Carvalho Vence sua categoria em seu primeiro Brasileiro na faixa preta, fechando a final com a sua companheira de equipe Ingrid Alves pra alegria de seu professor Guigo Jiujitsu.

Gabriel Oliveira aluno do casca grossa Mario Reis da equipe Alliance, vence o brasileiro fechando a final com Dimitrius Souza, após Isaque Bahiense e Patrick Gaudio abrirem para eles na semifinal.

Mauricio Oliveira vence o seu primeiro Brasileiro na Faixa preta, lutando pra frente em todas as lutas lutas, com o jiujitsu agressivo tanto por baixo quanto por cima, Mauricio fez uma guerra em sua final contra Marcos Petcho da equipe Gracie Morumbi, com suas passagens toureadas com combinações para os dois lados, Mauricio pega as costas de petcho não conseguindo colocar os ganchos, essa luta foi digna de uma grande final.

Yara Soares vence seu primeiro Brasileiro na faixa preta, após uma guerra contra Gabi pessanha na grande final, Yara e Pessanha são grandes adversárias, conhecem bastante o jogo uma da outra, e teve luta também na final do absoluto contra Gabi Pessanha, onde Yara acaba se machucando e o juiz teve que interromper o combate.

Leo Lara vence o seu primeiro Brasileiro na  faixa preta, vencendo a semifinal em cima do Ygor Rodrigues da equipe Marcio Rodrigues, em sua final Lara estava perdendo para o atleta Wallison da Guigo Jiujitsu, faltando apenas 30 segundos Leo Lara consegue reverter o placa finalizando Wallison nas costas, esse luta foi uma grande guerra do começo ao fim, Leo lara deixou o seu coração dentro dos tatames pra sair com a vitória e se tornar campeão brasileiro.

O talentoso Erich Munis se tornar o atual Campeão Brasileiro Absoluto em seu primeiro ano de preta, ao vencer Rider na final eletrissante, luta que foi decidida nos minutos finais, Erich com seu jiujitsu ofensivo em todas as suas lutas, confirma sua ótima fase nas competições, em sua categoria ele fechou a final com o atleta Marcus Ribeiro da equipe Alliance.

Dream art se descata por Equipes sendo campeã brasileira no Adulto masculino e segundo no feminino, isso no seu primeiro mês como equipe independente. Dream art vem como um forte concorrente em busca do titulo mundial por equipes. 

Recentemente a equipe Dream Art se separou da equipe Alliance por motivos ainda não declarados por nenhuma das partes,

O grande destaque nas faixas coloridas foi o sinistro Pedro Machado da equipe Gordo Jiujitsu, ele foi campeão peso e absoluto brasileiro na faixa marrom, Machado fez no total de 7 lutas finalizando 6, Pedro é muito agressivo em suas lutas, lutando o tempo todo pra frente com suas quedas, raspagens e passagens, fora os seus ataques com seus omoplatas e ataques de braço, podem aguardar esse nome, ele vai dar trabalho na faixa preta, pedro não tem preferencia, onde ele cai se sente em casa, com seu jiujitsu completo e pra frente.

Compartilhe:

Notícias

WHO IS NUMBER ONE

5 GPS sem kimono, com crias de alto nível lutando, por exemplo: Mikey Musumeci, Kaynan Duarte,

Produtos